Carnaval na Holanda: tem festa de rua, mas nada como no Brasil

Carnaval em Hoogland, na Holanda, em 2018 (Foto: Thaís Sabino)

Esse foi meu primeiro Carnaval na Holanda. Aqui não tem feriado, todo mundo trabalha normal, as ruas não fecham e é quase como que o Carnaval passasse despercebido. As festas acontecem, principalmente (ou quase que somente) no sul do país. Limburg, por exemplo, lá perto de Eindhoven, bem ao sul, já na fronteira com a Bélgica, é uma província famosa pelas comemorações. Não fica perto de Amsterdam, em caso você se pergunte. Mas no resto do país tudo vai bem devagar.

Estou morando em Amersfoort, na área central da Holanda, na província Utrecht. Por aqui, aconteceu um desfile de “escolas” em Hoogland no último domingo (11). Tudo na Holanda é relativamente perto e me custou 10 minutos de bicicleta para chegar lá. A rua estava tomada por famílias, amigos e casais assistindo a parada com alas de temas variados.

É claro que o Carnaval de Hoogland não pode ser comparado ao desfile na Anhembi ou Sapucaí. Tudo é diferente. Para começar, os holandeses organizam uma festa à fantasia, com personagens de filmes e roupas engraçadas. Os carros são bem “caseiros” e sem muito acabamento. No desfile em Hoogland, cada ala tinha um trator ou mini caminhão para levar o carro alegórico ao longo da avenida. O que eu percebi é que é um Carnaval mais desregrado, descontraído, sem clima de competitividade, uma festa pela diversão.

O Carnaval de Hoogland 2018 levou para a avenida um grupo vestido de tempero Maggi, magos, bruxas, bonecas Barbie, vacas, borboletas, reis, princesas, entre outros. Não tinha bateria, e cada carro usou o próprio sistema de som. Nada de samba, é claro! O hit carnavalesco “Hallo allemal” tocou várias vezes, entre outros típicos que não conheço e música eletrônica. 

Carnaval em Hoogland, na Holanda, em 2018 (Foto: Thaís Sabino)
Carnaval em Hoogland, na Holanda, em 2018 (Foto: Thaís Sabino)
Carnaval em Hoogland, na Holanda, em 2018 (Foto: Thaís Sabino)

Não é todo mundo que se produz para o Carnaval de rua por aqui. Meu Instagram foi tomado por fotos de amigos com maquiagem, glitter e roupas especiais para curtir os bloquinhos de Carnaval no Brasil. Na Holanda, as produções são BEM discretas. Vi algumas meninas com um pouco de glitter no rosto, e homens vestindo aqueles pijamas de flanela de personagens, no entanto nada muito além disso.

O desfile durou cerca de duas horas, e a festa continuou com a galera tomando cerveja na rua e nos dois pubs localizados na avenida.

  • Sei que ainda não contei sobre o fim da minha temporada na Austrália, mas o post está a caminho 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *