Tasmânia: visite praias, vulcão e pinguins na península Stanley

Stanley, na Tasmânia (Foto Thaís Sabino)

Se você olhar no mapa, Stanley é um estreitinho de terra em um dos pontos mais ao norte da Tasmânia. É uma península que se projeta no Estreito de Bass, que separa a Tasmânia da Austrália continental. Foi nesse pequeno vilarejo histórico onde passei minha primeira noite na Tasmânia. Stanley tem cerca 500 habitantes, é um destino turístico e fica a cerca de 127 quilômetros de Devonport, onde desembarquei do ferry Spirit of Tasmania.

A viagem até lá segue a costa norte da ilha, que é uma paisagem incrível. Uma parada em Burnie pode ser interessante para conhecer um pouco da história natural da Tasmânia, mas passar uma noite em Stanley precisa estar no seu roteiro. Acampei a alguns passos da praia no Stanley Cabin & Tourist Park por AUD 30 na área com energia elétrica. O camping é bem organizado, tem banheiros limpos e uma vista belíssima.

Praia em Stanley, na Tasmânia (Foto: Thaís Sabino)

Como disse, a cidadezinha é pequena, tranquila, mas muito organizada e charmosa: ótima para entrar na vibe de Tassie. Uma caminhada pela rua principal mostra algumas construções antigas, arte e cultura da Tasmânia. O vilarejo foi ocupado pelos ingleses nos anos 1820 e serviu como sede para a empresa real Van Diemen’s Land Company nessa época. Atualmente, as praias paradisíacas atraem turistas e pescadores. E que praias!

A atração principal de Stanley é o vulcão inativo The Nut, que tem 152 metros de altura e possibilita vista panorâmica do estreito de terra cercado pelo mar. Para chegar ao topo você pode pegar um teleférico ou ir a pé, que foi o que eu fiz. A caminhada é inclinada, mas curta. E no topo você pode percorrer o entorno do pico do antigo vulcão. Dependendo da época do ano, principalmente entre outubro e abril, Stanley é um ótimo ponto de observação de pinguins. Vá à praia no final da tarde.

QUER AJUDA PARA SUA PRÓXIMA VIAGEM?

QUER AJUDA PARA SUA PRÓXIMA VIAGEM?

Entre em contato, opine e participe com sugestões para o blog

Sending

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *